terça-feira, 22 de março de 2011

A beira da destruição


Nas ruas vazias e escuras esperava uma resposta, mais não sabia ao certo qual foi a pergunta, estava tão sonolenta, tão perdida, as lágrimas se confundiam com risos, o arrependimento e a satisfação, tinha tudo e um pouco mais transbordando do rio que a minha mente era naquele momento.
Continuei andando sem rumo por aquelas ruas desconhecidas, até que me sentir cansada o suficiente para me sentar ali mesmo perto da estrada, onde carros passavam depressa sem sequer me notar.
Ser notada era tudo o que queria, depois de perder um amor e uma amizade na mesma semana, no mesmo instante, meu coração ainda era frágil como o de uma menina, não conseguir suportar ver a minha melhor amiga traindo minha confiança, e o pior o amor da minha vida fazendo parte disso.
Decidir deixar de ser a garota tola, sem perceber que essa decisão tiraria toda a minha razão, me afundaria na solidão, e não ajudaria em nada a curar meu coração.
Estou sentada na beira da estrada, mal consigo ficar de pé, estou com mais bebida alcoólica do que meu sistema pode aguentar e com um cigarro na mão, tudo o que é necessário para levar a menina embora, agora ela está a beira da destruição, e de nada adiantou, porque seu coração agora sim está destruído, e tudo o que essa garota quer é voltar a ser aquela tola que tinha muitos amigos, as melhores notas da escola, os melhores pais do mundo, lágrimas e sorrisos que ela sabia de onde vinha.
Agora sei qual é a minha dúvida, como sair desse mar de alucinações e voltar para a realidade? Como encontrar o meu verdadeiro eu?


4 comentários:

  1. Linda e intensa tua história! Bela participação! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Poderia ter explorado mais a imagem, mais o tema. Reveja na proxima! Beijo

    ResponderExcluir
  3. amei o blog estou seguindo,poderiaseguir o meu...bjkas
    http://brindesedicasdanandoca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Show de bola, menina!...:)

    Te desejo uma linda e iluminada semana.

    Que Deus te abençoe sempre.

    Beijosssssssss

    Cid@

    ResponderExcluir