segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Conversa De Diário




Parece loucura, eu sei que não é real, é meio complicado, mais sou tão sozinha e tímida que prefiro derramar as minhas palavras em meio às lágrimas que escorrem sem parar dos meus olhos e se misturam nas folhas desse diário, junto com a tinta preta da caneta que já está chegando ao fim.
Oh! Querido diário,
Se o nosso coração tivesse o poder de escolher quem vamos amar, assim como ele tem o poder de amar e ser amado intensamente, tudo seria mais fácil.
Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar, assim seria mais fácil preparar os sentimentos, e deixar um lugar reservado para quando ele for despedaçado, ser montado novamente como o nosso quebra cabeças preferido, que deixamos em um canto pronto para ser montado a qualquer momento.
Como eu queria remontar aquele momento, as nossas vozes se misturando com o vento, às mãos dele no meu cabelo, o beijo tão doce, tudo tão típico de uma cena de amor.
Eu preferia que tudo não passasse de um sonho, assim eu poderia voltar a dormir e tentar sonhar novamente, o que dói mais é saber que tudo foi real, mais passageiro, talvez a culpa seja minha por transformar tudo em uma linda história de amor, se simplesmente eu o beijasse e esquecesse tudo depois, a dor seria menor, ela nem sequer existiria no meu coração, eu estaria feliz e seguindo em frente como qualquer garota normal.
Repito para mim várias vezes, e escrevo para não resta dúvidas:
Você tem certeza que foi real? Pode ter sido apenas um sonho.
E a resposta é sempre a mesma, aquela que sempre vem primeiro porque está escrito bem aqui, no meu eterno companheiro de conversa, o diário.
“Foi real naquele momento, eu que transformei tudo em um sonho que nunca existiu.”



10 comentários:

  1. Awn, adorei, sério. Momentos assim, que são incrivelmente bons nos fazem criar essa dúvida se foi sonho ou real. Comigo já aconteceu diversas vezes também .
    Bgs :*

    ResponderExcluir
  2. Danii fazem pensar e muito, já aconteceu com você então vc sabe como é melhor que eu, que criei a história inspirada em fatos mas de ficção do que real.bjss

    ResponderExcluir
  3. E então, menina romântica, você parece ser ainda tão nova, que, com toda certeza, ainda vai viver muitas e lindas histórias de amor.

    Mas um dia, tão certo quanto o sol sempre vem depois da lua, surgirá um "principe" em sua vida (assim como surgiu na minha), e você será MUITO feliz!...:)

    Beijo afetuoso

    Cid@

    ResponderExcluir
  4. Cida muito obrigado pela visita e pelo comentário carinhoso, bjss

    ResponderExcluir
  5. Olá Bia

    Amores são sempre complicados!!!
    Que 2011 seja um ano de grandes glórias pessoais e muito amor no coração.

    Hoje publiquei o post "A COZINHA DA KINHA"...

    Bjoooooooo..........

    ResponderExcluir
  6. Ótimo 2011!

    Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos periodos mais marcantes da vida.
    Mais o que o adolescente pensa disso?

    VISITA MEU BLOG?

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Se gostar do blog, e se puder seque lá! Beijos,

    ResponderExcluir
  7. São mesmo Kinha
    feliz 2011 pra vc.bjss

    ResponderExcluir
  8. Ótimo 2011 pra vc tbm.
    É mesmo Tainã, o que a gente pensa é bem diferente, nem tudo é tão bom.

    ResponderExcluir
  9. Olá
    vim dar uma passadinha no sue blog, para te avisar que te indiquei para receber o selo de qualidade do Projeto Créativité.
    Ele está nesse link:

    http://anitaguiar.blogspot.com/2011/01/selo-de-qualidade.html

    Adoro seu blog.Sweet Kisses.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Beatriz, vim do Livreiro te visitar e me encantei com teu blog. Parece que me vi aqui, com 16 anos, cheia de sonhos e o dom ímpar da poesia. Levei muito tempo para acreditar nele, que bom que ja fazes dele uma realidade. Parabéns e sucesso. Beijo da Bel Plá.

    ResponderExcluir