sexta-feira, 16 de julho de 2010

E agora...



E agora o que vou fazer
Se o ódio se transformou em amor.
E agora que você já não me ver mais como a garota má
Como eu farei para me afastar.
E agora que tudo o que eu quero é está ao teu lado
Mais o medo e a timidez me fazem tentar te esquecer.
E agora o que eu vou fazer sem você?
Se você me ama e eu te amo mais ambos sentem medo?


9 comentários:

  1. *--*
    tratem de tomar coragem!
    haha (:
    beijos ;**

    ResponderExcluir
  2. Não precisa perder o medo não... Mas tenha coragem, coragem pra mesmo com o medo se permitir viver tudo isso, porque seja como for, irá durar o tempo necessário para produzir algum bem em vocês e mesmo que acabe o relacionamento, o amor sempre irá permanecer, e ficará com o gosto bom das lembranças ternas do que viveram juntos.
    O medo é a linha que divide o mundo[como já disse o poeta], mas a coragem é o que nos religa a ele.

    Gostei muito do escrito, está muito bem feito.

    Grande Beijo

    ResponderExcluir
  3. Lettys esse não é o meu caso, surgiu de repente então escrevi.Mas quem tiver passando por isso faço suas as minhas palavras "tratem de tomar coragem"

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Tati, que bom gostou.bjss

    ResponderExcluir
  5. q lindo *-----*
    aí é dificil quando os dois tem medo!

    Beijos**
    www.marcellagiroldo.com

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Marcella.
    é dificil mesmo

    ResponderExcluir
  7. Lindo mesmo! *-*
    Gosto de dizer que o importante não é não ter medo, mas a capacidade de lutar para ser mais forte que ele e enfrentá-lo. Essa é a verdadeira coragem. E, no amor, coragem deve ser a palavra de ordem!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada tammi, suas palavras foram muito lindas.

    ResponderExcluir
  9. Adorei. Mas olha, to divulgando meu blog. Quem curte contos, dá uma entrada lá. Beijinhos,

    http://kantinhodoscontos.blogspot.com/

    ResponderExcluir