domingo, 25 de abril de 2010

Happy birthday eighteen years


Já sonhei um dia em ter dezoito anos, nas coisas que eu não faço que poderia fazer, na liberdade que possivelmente eu teria.
Mas depois que parei para pensar nas responsabilidades que eu teria, na nova rotina que viria junto com a maior idade, parei e pensei melhor.
Desses meus pensamentos, vontades, pós e contras, eu tirei uma conclusão.
Deixa as coisas acontecer no tempo certo, deixa as responsabilidades e chegando devagar, tudo um dia vai acontecer e acontecer no momento em que tivermos preparados para as novas responsabilidades que junto virão, quando estaremos capacitados para enfrentar uma nova rotina.
Acho que as pessoas são assim, querem tudo logo, rápido demais, e acaba não deixando as coisas acontecer naturalmente.
Crianças querem ser adolescentes e os adolescentes querem ser adultos.
Mas depois muito dizem o quanto queria voltar a ser criança, a ser adolescente, talvez essas pessoas cresceram rápido demais, não viveu no tempo certo cada coisa, cada avanço de idade e novas responsabilidades que vem junto, ou então por simplesmente lembrarem do quanto a vida era mas fácil quando eram crianças, até mesmo quando eram adolescentes, apesar dos pais pegarem no seu "pé" o tempo todo, eles sempre resolviam as coisas quando não estavam ao nosso alcance.
Agora não fico querendo ter logo dezoito anos, vivo as coisas no seu tempo, cada ano passa e eu junto com ele vou envelhecendo, não sei se o mundo está envelhecendo no tempo certo, com tantos estragos é difícil afirmar, mas eu sei que estou crescendo no tempo certo, e um dia o tão esperado dezoito anos irá chegar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário