sábado, 24 de abril de 2010

Gabriela não quer pedi perdão -parte 5


Tinha chegado o momento de resolver as coisas, Gabriela não estava mais sentada no banco da praça, agora ela se encontrava em casa reunindo todos da família para contar que Mateus já sabia de tudo.
A reação de todos foi de surpresa e estresse, seu irmão Roberto, porém manteve-se calmo e sem nenhuma surpresa, pois ele e a irmã já haviam conversado e foi ele próprio quem pediu que ela contasse a verdade.
Em outro Lugar estava Mateus, a espera de todos na sala principal.
Quando todos estavam finalmente sentados, Mateus contou tudo o que havia acontecido, que Gabriela lhe contou toda a verdade, ele mostrou uma enorme raiva diante de todos, pois eles não contaram a ele, deixaram que ele soubesse por outra pessoa em vez de saber pela família.
Um encontro foi marcado entre as duas famílias, Mateus e Gabriela sabiam que eles tentariam separá-los, mas já haviam decidido lutar pelo amor deles.
O dia do encontro entre as famílias chegou, todos estavam nervosos, sem saber o que iriam dizer nesse jantar, e o pior o que diriam depois do jantar.
Como todos sabem nas famílias nobres como as deles, depois do jantar sempre era a hora da conversa, mais essa seria mais uma discussão do que conversa.
Depois do jantar todos continuaram mudos, até que um abriu a boca para dizer o que esperava há alguns dias.
_ Já sabemos o que aconteceu, então não é necessário remoer mais o assunto, mais não é conveniente que a minha filha continue sendo namorada do seu filho. _ o pai de Gabriela disse, olhando para esposa infiel e para o pai do filho dela.
_ O meu filho não tem culpa de nada, eu e sua esposa nós amávamos._ o pai de Mateus disse.
_ Mas eu concordo com a sua decisão._ ele completou.
A conversa foi longa, levaram a noite toda entre discussões, assuntos que eram discordados e concordados.
Já era onze horas da noite quando a reunião acabou, o pai de Gabriela a chamou, disse a Roberto que ele sempre seria filho dele apesar de não terem o mesmo sangue e enquanto a esposa infiel ela só ficaria na casa dele até que ele comprasse outra para ela.
O pai de Mateus não gostou da idéia do filho morar com o rival, já que agora todos sabiam do ocorrido ele deveria ficar com ele, junto com o filho Mateus, assim que ele encontrasse outra casa para ele morar, os filhos poderiam ir junto.
_ Roberto a decisão é sua, mas enquanto a Gabriela a decisão está tomada._ o pai de Gabriela disse.
_ Não pai eu não vou permitir que decidam por mim o que é melhor._ ela quase gritou enquanto tentava soltar o braço das mãos do pai.
_ Garota obedeça ao seu pai, você acha que meu filho vai me responder como você._ o pai de Mateus disse, tentando ironizar que Gabriela não foi bem criada.
_ Não papai, eu não vou me separar de Gabriela, você foi proibido de viver ao lado do seu amor e veja só no que deu._ ele disse ao pai, se colocando ao lado de sua amada.
Mas discussões começaram, passando-se mais uma hora, quando o badalar da meia- noite soou na sala todos se alertaram do tempo que passaram discutindo, vidas que não eram suas.
Decidiram então que Gabriela e Mateus decidiriam se ficariam juntos ou não, que Roberto decidiria com que iria morar e que eles iriam cuidar só do que diziam respeito a eles.
Passou-se um mês e quase tudo se resolveu, Gabriela e Mateus ficaram juntos, o pai de Gabriela conheceu outra pessoa e foi muito feliz.
O pai de Mateus resolveu se casar com a mãe do seu filho fora do casamento.
Roberto resolveu morar sozinho, indo sempre visitar as suas duas famílias, foi quando em uma das visitas ele conheceu o amor da sua vida.
Mateus continuou morando com a mãe, mesmo depois de ela ter se casado de novo, afinal não demoraria muito para o fim do ano, quando ele e Gabriela se casariam.
No fim do ano aconteceram dois casamentos, o de Gabriela com Mateus, e o de Roberto com a sua amada.
As duas famílias ainda brigavam um pouco, mas as coisas foram se acertando com o tempo.
E aqui acaba a história de Gabriela, em uma linda noite estrelada, repleta de casais apaixonados, prontos para um novo dia, quem sabe com uma nova história, mas uma história sem traições, uma história onde as vidas de cada um serão contadas com felicidade.
Sobre o texto  
O texto ficou um pouco grande,
apesar de eu ter resumido, mas
como era a última parte, eu resolvi
posta logo tudo, chega de mistérios.
Talvez eu criarei uma nova história, com
outros fatos sobre Gabriela e os
personagens, antes ou depois de tudo 
ser resolvido, sempre se tem mas mistérios.
Mas esse é um projeto para ser pensado.
Espero que tenham gostado.
     

3 comentários:

  1. Olá amiga

    Um ótimo final de semana.

    Bjo

    ResponderExcluir
  2. oi...adorei!..
    ficou muito legal!...apesar de eu não ter lido todos**
    beijos ;*

    http://marcellagiroldo.blogspot.com

    ResponderExcluir