segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Sorte ou azar pelo amor?


Jéssica era a mas sortuda de um grupo de três amigas,
sempre tinha as melhores notas,seus pais eram ricos,
ficava com todos os garotos mas bonitos da sua cidade,e
até os turistas que chegavam lá toda semana.
Conseguiu decidir logo que carreira seguir,foi bem sucedida,conseguiu
ter um negócio muito lucrativo em dois meses,sem a ajuda dos pais.
Tinha trinta anos e estava solteira,curtia altas festas,tinha o maior guarda roupa da sua cidade
era muito popular,tinha amigas verdadeiras que a acompanhava em todo lugar.
Mas em um certo dia em uma festa que todos achavam que era beneficente,mas na verdade era
uma festa para que ela comprasse o presente de casamento da sua maior inimiga,pois não conseguia
se ver em uma loja gastando o seu dinheiro,nada suado,com a rival.
Ela viu um cara lindo,apesar de ele está de máscara,ela o achou lindo
esse cara se chamava Danilo e era o pior aluno da sua classe,seus amigos só serviam para te colocar em roubadas,
seu pai perdeu todo o seu dinheiro no jogo,só namorou com uma garota na vida,e essa garota era a sua melhor amiga,que foi embora logo depois que o beijou.
Decidiu logo o que queria ser,porém,não obteve sucesso,está prestes a perder o emprego,só frequentava festas para trabalhar de garçom,e nunca tinha dado nenhum presente de casamento,pois seu salário baixíssimo mal dava para pagar as dividas,se encantou por Jéssica logo que a viu mas nunca achou que ela confundiria um garçom com o cara mas lindo daquela festa.
No dia seguinte ,Jéssica acordou as dez horas para ir ao salão,e teve seu cabelo picotado,depois desse manhã horrível no salão comprou um chapéu para esconder o estrago,mas o chapéu grudou na sua cabeça piorando ainda mas a situação,no trabalho todos os seus investimentos lucrativos,deixaram de lucrar para dar prejuízo,e ainda tinha a festa da sua inimiga para ir.
Danilo acordou super bem,fez a barba sem se cortar,conseguiu comprar um terno na promoção que tinha realmente todas as qualidades de um bom terno,conseguiu ser promovido na empresa,e descobriu que seu pai tinha quadros do Pablo Picasso que valia muito ,e tinha a festa da sua melhor amiga que havia ido embora para ir.
Jéssica foi na cartomante antes de ir a festa,e descobriu que o cara que a beijou na noite passada,havia roubado sua sorte e passado seu azar para ela,mas que não era mero acaso,que era destino.
Ela ligou para Danilo,para marcar um encontro mas ele só poderiam se ver,no fim da semana,pois ele estava muito atarefado.
A semana passou rápido para Danilo e tudo de bom acontecia com ele,para Jéssica passou devagar e ela teve que vender algumas das suas roupas para pagar algumas dividas,tudo ia de mal a pior para ela.
No sábado eles se encontraram,e ela contou a ele o que havia acontecido,mas ele se recusou a beijá-la achando que ela era louca,eles foram embora com raiva um do outro.
Durante a noite eles tiveram um sonho,que eles viviam feliz,e Danilo ligou para Jéssica marcando um novo encontro no domingo.
No dia seguinte enquanto estava a caminho do lugar onde marcaram,Danilo achou uma nota de um dólar e percebeu que realmente depois que beijou aquela mulher sua sorte mudou.
Ambos encontraram uma garotinha que havia perdido os pais,e só tinha a vó para cria-la,mas era pobre e tinha que pedi esmolas para ajudar na despesa.
Quando eles se olharam,se beijaram e a sorte voltou para Jéssica e o azar para Danilo.
Eles viram naquele momento que eles iam ter que decidir se era a sorte ou o azar,e decidiram abrir mão de tudo pelo amor,beijaram a garotinha pobre,e na manhã seguinte ela descobriu que seu avô havia deixado uma fortuna em terras,e uma pequena jazida de diamantes.

Para contar essa história me baseei no filme Sorte no amor,alterei os nomes dos personagens,e algumas situações.
Agora me digam o que vocês acharam,preferem sorte no amor e azar nos negócios,
ou sorte nos negócios e azar no amor?
Vocês já assistiram esse filme?Você daria tudo que tem de coração para ajudar o próximo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário