segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Aprenda que Falar de Amor não é Amar



Quem ler o que vou escrever agora pode dizer que eu não tenho coração, mas eu tenho e aprendi a dar valor a ele, por que se machucamos nosso coração, pode demorar muito tempo para sarar.
Não... Eu não estou querendo agir como uma pessoa fria, sem amor, já amei tanto e vi que nem sempre devemos amar, nem sempre devemos gritar para todos ouvi "EU TE AMO".
O amor não é só de pai ou mãe, de namorado ou irmão, de amigo ou amiga, amar é um sentimento tão grande que podemos amar desde pequenos animais, até humanos que parecessem ser grandes racionais.
Às vezes acho que não somos tão racionais, como eu pude dizer que amava uma pessoa, que só estudei com ela um ano, como pude pensar que depois de três anos sem se falar direito poderia surgir uma grande amizade de repente do nada.
O que foram aqueles recados loucos no Orkut dela, e os inúmeros depoimentos dizendo o quanto eu gostava dela, o quanto ela era minha amiga e o quanto eu amava ter a amizade dela.
Será que fui tão irracional de não perceber que as lindas palavras de amizade dela eram falsas?
Que não havia amor de amiga nenhum ali, que ela só queria ficar ao meu lado para aprender a ser boazinha?
Nossa qual foi o meu erro, ser boazinha não é tão ruim, e boazinha talvez não seja a palavra certa, eu sempre consegui entender os outros, ser amiga, sempre fui eu mesma, e por isso consegui belas amizades.
Depois de um ano eu não guardo nenhum rancor, mas ainda fico com o coração partido, sem saber o porquê ela me odiava tanto, acho que usei a palavra certa.
Fingir gostar de alguém, e ser uma falsa por trás é muita crueldade.
Toda essa situação não foi tão ruim para mim, aprendi que falar de amor não é amar, que falar de amizade não é ser amigo, que são em atos que provamos tal amor ou uma grande amizade.
Aprendi agora quem são os amigos de verdade, e quem são os colegas, aprendi o verdadeiro significado de lobo em pele de cordeiro.

"Talvez eu tenha fugido do texto,
talvez deixei os sentimentos me levar,
sem prestar muita atenção no que eu escrevia,
mas fui sincera,e me sinto bem melhor agora,
por colocar para fora o que machucava meu coração."

2 comentários:

  1. Seu texto ficou muito bom também *-* Amar é complicadinho.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Obrigado,amar é mesmo,não importa qual seja o tipo de amor

    ResponderExcluir