segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Agredir e fui agredido

Meu nome é Marcos, e hoje estou aqui para narrar a história
do bulliyng na minha vida,onde eu agredir e fui agredido muitas vezes.
Tudo começou na adolescência,eu era novo na escola e para me proteger
comecei a perseguir os nerds da escola,assim eu conseguiria fazer parte
da turma mas popular do colégio e ainda evitar que zoassem de mim.
Ainda me lembro do menino que eu chamava de vassoura e de quatro olhos.
Hoje ele é o nerd mas rico da minha cidade,tem uma grande empresa de informática.
Também me lembro da garota que eu fazia questão de caçoar toda vez que ela passava,por perto da minha turma,todos acabavam caçoando junto,ela chorava e chorava,quando ouvia alguém gritar"VOCÊ PEGOU AS ROUPAS DE SUA MÃE OU DE SUA VÓ EMPRESTADA HOJE".
Sempre achei aquilo normal,e continue assim pelos longos três anos que passei naquele colégio,me tornei o mas popular do grupo,fiquei com todas as garotas que eu achava que servia para mim,porém tive notas que não eram boas as vistas dos professores,e dos meus pais.
Enquanto os nerds recebiam elogios,eu e minha turma ia para recuperação no fim do ano.
Foi no último ano do colegial,que eu e meus amigos decidimos aplicar a última pegadinha,para se despedirmos em grande estilo.
Conseguimos mudar os nomes nos diplomas,e ainda conseguimos preparar um balde de penas e mel para jogar nos otários da escola,o diretor chamou Joana cabeça de rolha,e nós jogamos o balde nela.
O diretor ficou espantado,e mandou que procurassem o culpado imediatamente,nós achamos que não ia dar em nada,mas ao contrário do que pensamos,fomos destinados a passar seis meses ajudando em algumas instituições de caridade,foi naqueles seis meses que aprendi muita coisa e decidi,ir para faculdade e mudar meu jeito de ser.
No primeiro dia todos na faculdade,me olhavam e riam de mim,no segundo dia fui recebido a base de ovos e tomates podres,no terceiro começaram as piadinhas,"CHAVE DE CADEIA,LADRÃO,IDIOTA,SEM NOÇÃO" e por ai  se foi,a cada dia que passava mas caçoado eu era na faculdade.
Resistir por um ano e meio,sendo o lixo da faculdade,onde todos jogavam as coisas inúteis e podres em mim.
Hoje eu vivo aqui em um centro psiquiátrico,vim parar aqui a dois anos, depois que tentei matar uma garota na faculdade,pensando que ela queria caçoar de mim.
Sou um  dos mas comportados de todos os pacientes que  vivem aqui,porém não posso ser liberado ainda,corro o risco de achar que estão caçoando de mim,e agredir as pessoas para tentar me proteger.
Agredir muito na adolescência e fui agredido ainda mas na faculdade,e hoje as consequências me trouxeram para o meu novo lar.




2 comentários:

  1. É o que eu semore digo: os nerds dominarão o mundo!

    Mas, falando sério, o bulling é horrivel e cruel, uma falta de respeio. As pessoas que praticam deveriam pensar mais no conceito de "se colocar no lugar do seu próximo".

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Também acho Clara o bulling é muito cruel,e realmente é uma falta de respeito.
    Obrigado por comentar.

    ResponderExcluir